Graffiti do bom!

Por norma sou contra os Graffiti. Não somente aqueles feitos de rabiscos mais ou menos elaborados mas todos os Graffiti. A ideia de alguém andar a impor os seus desenhos a toda a gente, sem respeito pelos proprietários dos imóveis ou pela sensibilidade estética dos passantes é-me repugnante. Quando chegamos a fenómenos como os Graffiti nos comboios, aí então, é puro vandalismo.

Mas, de vez em quando - muito de vez em quando -, cruzo-me com "bonecos" que, pelo enquadramento ou particular mestria no desenho, fazem-me parar e apreciá-los enquanto obra. Este exemplo que mostro aqui está "para visitas" na Rua de São Sebastião, em Lisboa, numas escadinhas que fazem a ligação à Rua Filipe Folque, junto a umas instalações da CML.

Aconselho a visita! ;)

2 comentários:

tagravado.com disse...

Tá mesmo gira esta sequência!

Miguel disse...

Os imóveis não existem, por isso a sua posição contra os Graffiti também não.