Ana Malhoa na Playboy?

Já se está a ver que todos os meses vai ser isto: quem - oh deus -, quem é que vai ser a capa da Playboy Portugal?

Desta feita, nos mentideros surge o nome da inenarrável Ana Malhoa, filha do cantor pimba José Malhoa, o que nos leva a perguntar: qual foi a pior coisa que o Zé colocou no mundo, os discos ou a filha? A resposta é: os discos. Porque, estes não servem para ouvir e têm capas horríveis enquanto que a Aninhas continua a não servir para ser ouvida mas, pelo menos, tem uma capa melhorzinha...

A fedelha que eu um dia vi na Feira Popular (vejam bem ao tempo...), vestida com uma roupa que era um cruzamento entre filme de ficção científica de baixo orçamento e roupa de carnaval de loja do chinês, aos saltos, gritando "vai!" (muito acabaram mesmo por se ir) enquanto cantava uma coisa qualquer perante o desinteresse geral, a fedelha, dizia eu cresceu e tornou-se, senão uma bela mulher, pelo menos um belo naco, dentro daquele estilo "com esta até eu conseguia".

Ocasionalmente, no sentido inversamente proporcional ao êxito da sua carreira, a Malhoa despe-se, para gáudio das multidões de machos deste lado da internet. Ela, lá do outro, saberá se a coisa resulta ou não...

Ora, o boato de que a cantora de... - ahem -, a cantora daquele tema... o... aaa... - bem, o boato de que a cantora possa ser a terceira estrela da Playboy PT tem, senão a credibilidade conferida pelo 24Horas, pelo menos o mérito de assentar em antecedentes. A moça já se despiu integralmente, ou seja, já se descascou, e, pelo seu estilo, não parece estar sujeita a grandes constrangimentos morais quando toca a mostrar-se. Será que é desta que não vai haver perninha à frente?... Talvez o editor discográfico da espampanante artista tenha uma palavra a dizer.

Se este "rumor" (é boato que se deve dizer) se confirmar, a maior dúvida residirá no tamanho do peito da modelo. Irá a rapariga de peito cheio, i.e., ainda mais cheio do que nas sessões fotográficas anteriores? É que aquilo, parece-me, é como a gasolina: de x em x tempo, aumenta, mas nunca diminui...

Outro ponto de interesse andará à volta das tatuagens. Terão os editores da Playboy PT o bom gosto de nos poupar à visão de todos aqueles rabiscos ou ainda levaremos com alguma tatoo (modernizem-se, agora diz-se assim) do tipo: "se estás a olhar é porque queres!" estrategicamente desenhada no fundo das costas?

Dúvidas, dúvidas...

Verdade seja dita que esta ideia de ver a Ana Malhoa numa revista que se assume como uma coisa com classe parece ser um paradoxo mas ainda mais verdade é que, quando a líbido se mete ao barulho, estilo e sofisticação são coisas para esquecer... A Diana chaves enquadrar-se-ia melhor com a revista mas, como se pode ver, a notícia anteriormente divulgada aqui não passava de uma mentira de 1 de Abril. Desta vez - à primeira vista -, o calendário não parece reservar nenhuma data marota. A ver vamos se há algum fundo de verdade nesta história ou se o nome da Playboy PT se está a tornar num meio para, mandando umas bocas, se chamar a atenção para quem precisa desesperadamente dela...

Fotos da catraia: carregue aqui e divirta-se!

2 comentários:

João disse...

Meu caro eu sei que "quem não gosta não come", mas eu até gosto do estilo de escrita, por isso "como".
Mas permite-me o reparo. Os "mentideros", as fontes de desinformação são na maioria dos casos o 24Horas. Ora. Será que o problema é o jornal/revista ou quem o lê?
Se queremos uma melhor informação, porque continuamos a consumir a pior?
Um abraço

catinga disse...

João, felizmente, eu, do 24Horas fico-me pelas capas... :)) - e é porque me cruzo com elas