O meu filho está preso - parte 2

A saga continua e a trama adensa-se.

A progenitora da "criança" que está presa (e que fala várias línguas e mexe em computadores) veio de Londres propositadamente para a tentar vender por €15.000 a estrangeiros.

Notam-se aqui aparentes incongruências no enredo mas deve ser a bem da emoção...

(carreguem na imagem para verem melhor)

Sem comentários: