Previsivelmente, Pinto da Costa denunciou a colocação no YouTube de várias escutas relacionadas com processos por corrupção como uma campanha da imprensa lisboeta.

Eu perdoo-lhe as vigarices, consigo rir-me do irredentismo pacóvio mas... a falta de imaginação da personagem é que me deixa lixado!

Sem comentários: