Lutar pelo património

A luta pelo direito do património comum à existência é constante neste país. E é-o, sobretudo, porque as ameaças também o são. Onde há um valor arquitetónico, artístico, paisagístico, há logo um conjunto de grunhos preparados para o destruirem. É assim a vida, mas não devia de ser.

Em Benfica existem duas bonitas casas que me habituei a ver e cuja degradação acompanhei. São, hoje, exemplos deslocados do que era a antiga Benfica rural, rica em quintas e casarões cujos exemplares vão escasseando (a bem do "progresso"). O monstro ganancioso da construção civil rodeia os bonitos edifícios e prepara-se para os devorar. Mas é possível salvar os imóveis desde que as pessoas se mexam. É possível assegurar que o património não seja tratado como lixo indesejável que a urbe repele.

Há gente boa e que não vive de braços cruzados que está a mexer-se para salvar as "villas" "Ana" e "Ventura". Todos podemos ajudar os organizadores desta cruzada contra os patifes que rebentam com a nossa memória coletiva em nome do lucro.

Assine a petição para salvar as casas em http://www.peticaopublica.com/?pi=P2010N1540


Veja mais pormenores em:
http://lisboasos.blogspot.com/2010/04/pelas-vilas-de-benfica-assine-peticao.html

e

http://ruinarte.blogspot.com/2010/01/vila-ana-e-vila-ventura.html

Sem comentários: