Continua o aparecimento em Portugal de marcas comerciais com nomes estúpidos. Se é verdade que, em tempos, uma empresa sueca de nome SIDA teve de fazer as malas quando a doença do mesmo nome apareceu, por outro lado, de vez em quando aterram no nosso mercado coisas como "Bimba & Lola" ou a mais recente que me foi proporcionado testemunhar: a Ticona. Já todos conhecíamos a cona da tia mas a Ticona era dispensável, não?

Sem comentários: