Ainda se lembram dele?

Ainda se lembram deste simpático cromo da nossa cidade ou já passou definitivamente à História, atirado para o saco das velharias esquecidas?

Que é feito da tal estátua (e do movimento pela sua construção)?
Que é feito das juras de intervenção artística em memória do homem?
Que é feito de todas as boas intenções demonstradas na altura da morte do "Sr. do Adeus"?

A vida corre e, como de costume, o tempo leva para longe as promessas... E ainda há quem se espante?

Sem comentários: