Adeus, tristeza?

Sem comentários: