Na sequência do fatídico terramoto e onda gigante no Japão, não parecem ser, apenas, água e partículas radioativas que estão sendo libertadas. Tudo indica que o spam também é uma das consequências do cataclismo. Nunca recebi tanto lixo japonês na minha caixa de correio... Em compensação, a porcaria com origem no Brasil quase desapareceu.

Sem comentários: