Iron Maiden: mãozinhas diabólicas





Uma das qualidades das grandes músicas é que é possível serem tocadas numa diversidade de instrumentos, não perdendo o seu interesse e, muito pelo contrário, ganhando novas roupagens para gáudio dos fans.

Da maior banda do mundo já tínhamos versões em viola, violino, piano, harpa e, agora, em "mãos".

Vou ver se há alguma coisa feita com peidos de cona (ups... não devia ter escrito isto...).

Sem comentários: