Há falta de jardins... ou de pessoas?

Quando se faz algum tipo de estudo em que se pergunte aos cidadãos do que sentem eles a falta em Lisboa, aparece invariavelmente a queixa relativa à falta de "espaços verdes" ou à falta de cuidado com os ditos.

É sabido que a tugalhada, basicamente, vive com meia dúzia de ideias feitas na cabeça e, quando lhes pedem uma opinião, sacam logo das ditas, só para não se darem ao trabalho de... pensar.

Vamos ver umas fotografias de um jardim ali na zona do Parque das Nações, numa bela e soalheira manhã/tarde de Domingo:

Que belo relvado, não?
Ó para as criancinhas correndo e saltando...

Bancos confortáveis.
Um casal de namorados aproveitou este.
Há gente fazendo piqueniques lá atrás.

Nos intervalos da selva que nasceu defronte dos bancos, há vislumbres de bonita paisagem urbana

Um êxito, portanto! Com uma afluência destas, não admira que os lisboetas achem que há falta de espaços verdes na capital. É que não se arranja um cantinho livre...



Sem comentários: