Um sítio respeitável

Sexta-Feira à noite (21:00), entro num café na zona do Cais do Sodré para matar um pouco de tempo. Dirijo-me ao balcão e espero que me vejam. Quando me notam, o empregado, ao mesmo tempo que me pergunta o que quero, dirige-se a uma mesa ali perto e começa a limpá-la.

"Pode sentar-se. Pode sentar-se"... - diz o homem. Quando para de limpar a mesa, acrescenta, com um sorriso cúmplice: "Isto é um sítio respeitável. Já mandámos o velho embora...".

O "velho" era um preto... velho e pobre, que bebia calmamente uma bica ao balcão...

Sem comentários: